Simpsons por Banksy, a autocrítica ao extremo

null

Recentemente não se fala sobre outra coisa ao não ser a nova abertura do seriado americano Os Simpsons. Feita pelo artista de rua Banksy, artista famoso pelas críticas sociais de suas obras grafitadas, a abertura começa com o tradicional passeio pela cidade de Springfield, porém depois segue para a Coréia, onde surgiram boatos de que é lá que alguns desenhos americanos são desenhados, em condições desumanas. Críticas similares às que ocorreram conta a Nike e outras marca americanas.

A abertura segue mostrando um ambiente escuro, onde dezenas de trabalhadores animam desenhos da família amarelada. Gatos são transformados em recheio dos bonecos do Bart e no final surge o logotipo da 20th Century Fox, guardado por holofotes, uma torre de vigia e uma cerca de arame farpado.

Essa foi a forma dos animadores revelarem mais uma vez uma das piores realidades da globalização: a exploração dos países do chamado terceiro mundo.

Fonte: Guardian.co.uk e Brainstorm 9

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: